Slider

AO CONTRÁRIO






Adorava poder ter uma comparação física mais fidedigna à protagonista mas a verdade é que se não fosse o nosso amor por tatuagens seriamos como água e azeite. E posso dissê-lo com certeza de quem já viu o teu corpo desnudo de mais ângulos que o seu próprio corpo. Admiro e amo a tua nudez . Não pela nudez mas por mostrares a beleza de corpos imperfeitos, em atos sexuais, realistas, menos oníricos e cinematográficos. Repetidamente ! 


Provocas-te um ataque de coração aquela geração "extraterrestre " mimada que vive para o smartphone e para a angústia urbana de quem cresceu com a promessa que podia ser o que quisesse na vida que tudo acabaria por correr bem. Tu também sofreste um. 

Aos 20 anos levaste aquela bofetada que te mostrou que afinal somos a primeira geração em muito tempo condenada a viver com mais instabilidade que os nossos pais. 


Se Carrie de "Sexo e a cidade " torrava dinheiro em sapatos, tu passaste meses sem dinheiro que chegue para pagar a renda e ainda vives dependente de cheques dos pais. 





Criaste uma série, um livro , e mostraste ao mundo a realidade como ela realmente é . Fazes parte do meu crescimento enquanto mulher e pessoa e agradeço-te por isso .  Tu e os teus são um turbilhão de confusão que por vezes odeio de tanta merda e horríveis decisões que tomam mas ei , eu também tomo tantas decisões horríveis ! E tu mostraste que elas também nos levam num bom caminho e trazem boas aprendizagens. És corajosa e isso ninguém te pode tirar ! 

O livro Not That Kind Of Girl (em Portugal Não Sou Esse Tipo de Miúda, da Editorial Presença) e algumas das tuas entrevistas são polémicos porque deixam à mostra as costuras de uma rapariga em autodescoberta que muitas vezes vai parar ao absurdo. Como eu. 

Vós, "extraterrestres " perfeitos, vejam o que eu faço e finjam que não fazem igual. Diz ela. Eu assino por baixo.



MAIS 

Talvez não conheçam a série , talvez não cheguem a assistir ao 1º episódio ou talvez sejam fascinados como eu mas decidi partilhar convosco algumas lições da série:


Lição nº 1: O teu curso superior não te prepara para nada.






You know what the weirdest part about having a job is? You have to be there everyday, even on the days you don’t feel like it.

– Jessa, Girls




Lição nº 2: Aceitar um trabalho que não te preenche não significa desistir.



You know who ends up living their dreams? Sad messes like Charlie.
– Marnie



Lição nº 3: Sê honesta contigo mesma.




Please don’t tell anyone this, but I wanna be happy.
– Hannah



Lição nº 4: Rodeia-te de pessoas positivas.




I can’t be surrounded by your negativity while I’m trying to grow into a fully formed woman. You hate everything!

– Shoshanna


Lição nº 5: Faz sexo quando quiseres mas não onde quiseres . Isto também se aplica a defecar . ( desculpa jessa)

Exprime-te

Sem comentários:

Enviar um comentário