Slider

BUT FIRST A DRAWING?

Olá :) 
Vamos ser originais, chega das pausas para o café. Vamos criar as pausas para o desenho. Sentar-mo-nos numa esplanada e ter a coragem de pegar numa folha e numa caneta.  Admitam, a caneta é mais leve que a chávena de café. Vamos ser diferentes. Talvez saia algo bonito. Talvez não tão bonito como o dele, mas podemos tentar! Talvez até consigamos roubar-lhe algumas dicas. Confesso, admiro a sua coragem.

Podia começar esta conversa convidando-lhe para tomar algo, um café ou assim. Mas algo me diz que ele prefere algo mais leve, talvez uma caneta.


Quando percebeste que tinhas talento para o desenho?
Sou do tipo de pessoa bastante distraída e talvez por esse motivo nunca reparei que tinha "um talento". Mas felizmente há quem o seja e me tenha alertado sobre isso. Agradeço por isso à minha professora de visual da época.

Com tanta diversidade artística porquê o desenho ? 
Há perguntas para às quais não tenho respostas e está é uma dessas situações. Não sei o porquê mas ainda bem que é o desenho.

Usas muitas vezes esta arte para expressar as tuas emoções?
Muitas? Talvez sempre. Todos nós temos o nosso refúgio. Encontrei o meu no desenho.

Tens alguma meta ou objetivo que gostasses de atingir nesta área? 
Todos nós temos sonhos, sonhos que se transformam por vezes em verdadeiros objetivos de vida. O meu na área do desenho é sem dúvida melhorar as minhas habilidades e obter reconhecimento e pessoas que apreciem o meu trabalho.

Há algo que consideravas um orgulho ser capaz de desenhar na "perfeição"?
O mundo.

O que gostas/preferes desenhar?
Adoro desenhar mas sem dúvida que desenhar os outros, desenhar retratos e os aspetos que os tornam únicos como tatuagens é algo que me enche o coração.






Obrigada por teres a coragem de te abrires nesta pequena entrevista comigo. Obrigada pela simpatia e pelo talento. But first a drawing? :p
Xoxo, Ana Antunes

Ana Antunes

Sem comentários:

Enviar um comentário