Slider

ACONTECE A TODAS

Olá :)
Talvez seja um cliché mal escolhido ou talvez seja a mais profunda das verdades. Acontece a todas. Definitivamente a originalidade não nasceu connosco. Entre 7 mil milhões de pessoas escolhemos sempre os cabrões. Desculpem, mas às vezes é preciso chamar as coisas pelo nome. Não é fácil encontrar o homem da nossa vida mas é muito fácil encontrar o homem capaz de a estragar. O rótulo bem podia estar falseado mas não, ele estraga mesmo a nossa vida. Chega com todo o seu encanto, olhar sedutor, cheio de "pinta", com as suas longas declarações de amor para toda a vida. Este poderia bem ser um conto de fadas. Mas uma coisa que os contos de fadas acertaram é que as coisas nunca são como nós esperamos. E o conto de fadas tornou-se no pior pesadelo de sempre. Umas esperam que seja ele a tomar a iniciativa de ir embora talvez por falta de coragem, outras mandam embora aquele que no fundo nunca fez nada para ficar. Ficamos na merda. Parece que o mundo conspira contra nós. E porquê que aquelas músicas lamechas nos fazem tão mal quando estamos na merda e as ouvimos na mesma? Mas tu sabes que está na altura de mudar de estação de rádio. Já passou demasiado tempo e tu aí a pensar naquele cabrão. Aceita o convite delas, afinal de contas o que seria de nós sem as nossas amigas? Diverte-te. Parece fácil falar quando ao nosso redor todos os homens nos fazem lembrar o outro, quando continuamos a sentir saudades dele, daquele cabrão que nos fazia sentir que não precisava-mos de mais ninguém. Acontece a todas. O lema da nossa vida passa a ser " estou fechada para balanço". O tempo vai passando e aquele rapaz do bar continua a querer conhecer-te melhor. Mas tu estas farta de cabrões bons, maus.. mas cabrões e é por isso que não consegues ter uma relação séria na tua vida e depois existe o outro. Tu podes ter os homens todos que quiseres e só tu é que não percebes isso. A vida é tramada, eu sei. O rapaz do bar é insistente e tu até que começas a achar-lhe piada. E aos poucos tu percebes que tens alguém a entrar na tua vida de novo, apesar de ser exactamente o oposto daquilo que tu querias. Tu tens medo de te apaixonar outra vez. Acontece a todas. Mas confessa depois de tanto tempo já tinhas saudades dessa sensação de descobrir e ser descoberta de novo. Uma coisa é certa, se tu não arriscares nunca vais saber se valeu a pena. A vida é tramada, eu sei. Tudo o que vai volta. É a lei da vida. Merda de lei que o trouxe de novo agora que já não o queria. Acontece a todas. Passamos meses a chorar por um homem, à espera que ele volte. E quando finalmente desistirmos de esperar e nos interessamos por outro, ele volta. Mas porquê que é assim? Porquê? Porquê que as pessoas complicam tudo? Eu sei. Preferias estar fechada para balanço do que estar na balança entre o passado e o futuro. Acontece a todas. E aquela pergunta ingrata não te sai da cabeça. " O que é que vou fazer à minha vida? ". Eu sei. Talvez seja das poucas coisas que eu saiba no meio de isto tudo, é que precisamos de paz. Talvez tu saibas o que tens de fazer agora que ele voltou, só estas a ganhar coragem para o fazer. E o rapaz do bar, aquele querido que só te quer bem continua ali, de plantão à espera de uma única oportunidade de te fazer feliz. O amor não existe, existem provas de amor. E se é verdade que aquele cabrão te ama e quer voltar então irá ter contigo. E se não for é porque tu não eras assim tão importante. É difícil assumir que não somos importantes para alguém, eu sei. Mas acontece a todas. E se ele for? Será a tua vez de decidir a tua felicidade. Eu sei que mereces melhor, não te contentes com pouco. Se aquele cabrão não aproveitou a primeira oportunidade de te fazer feliz então não merece a segunda. E aquele rapaz do bar, talvez seja o homem da tua vida. Não percas mais tempo. A vida são dois dias sabias ?

Ana Antunes

4 comentários: